Main menu

Como ingressar na Força Aérea? (Parte 1)

Como faço para ingressar na Força Aérea Brasileira? Esse tipo de pergunta é enviada diariamente à Força Aérea, por vários meios: via fale conosco, SIC, cartas, e-mails e, de forma mais intensa, pelas mídias sociais da FAB. E você, caro internauta, é uma das pessoas que têm essa dúvida? Esse post, então, foi feito especialmente para você. Montamos um guia ultimate esclarecendo as principais dúvidas sobre o tema e esperamos que ele seja de grande ajuda na sua jornada para se tornar um membro de nossa Força Aérea Brasileira. Vamos lá?

Força Aérea Brasileira sob novo Comando

rossato Você sabia que a Força Aérea Brasileira tem um novo Comandante? Você sabe quem é o Oficial que assumiu o mais alto posto da Aeronáutica? Vamos lá!

O novo Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB) possui 46 anos de experiência e uma carreira definida pela superação, eficiência e capacidade de decisão. Com humildade e tranquilidade, o Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato (63) assume agora o grande desafio de conduzir a Aeronáutica, com a missão de perpetuar e aperfeiçoar o trabalho desenvolvido pelo Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito por 08 anos: uma gestão de sucesso marcada pela expansão, reaparelhamento e reconhecimento da Força, especialmente na Defesa Aérea e no Controle do Tráfego Aéreo. Conheça agora um pouco mais sobre essas duas personalidades com as novas edições da Revista AEROVISÃO e do Jornal NOTAER. Confira!

Como ingressar na Força Aérea? (Parte 2)

06No último dia 23 de janeiro respondemos várias perguntas sobre formas de ingressos na Força Aérea Brasileira, dúvidas recorrentes sobre alistamentos e concursos públicos. Se você perdeu, é só clicar aqui e conferir. Mas se você, internauta, ainda tem dúvidas que não foram sanadas pelo post anterior, provavelmente essa atualização é para você. Especialmente se já possui alguma formação superior. Conheça hoje como trabalhar na sua área e as opções de profissões selecionadas. São várias!

Com essa segunda parte concluímos as principais questões sobre formas de ingresso na Aeronáutica. Se, ainda assim, faltar algo mais específico, não se acanhe. Estamos sempre à disposição para o ajudarmos em sua jornada para se tornar um membro da nossa Força Aérea Brasileira. Comecemos?

Campanha Institucional 2015 – Projeto H-XBR atualiza frota de helicópteros das Forças Armadas

6726921843_45ed6cb10a_oSeu nome é Super Cougar ou EC-725, mas a aeronave da foto ao lado foi batizada na FAB como H-36 Caracal. De médio porte, esse é um helicóptero de transporte tático de longo alcance, com poderosos motores, espaço para mais de 29 homens equipados e aplicado em missões complexas de Busca e Resgate. As Forças Armadas brasileiras receberão 50 desses novos e modernos modelos. Conheça o Projeto H-XBR!

A Força Aérea Brasileira também é das mulheres

789 Elas são aviadoras, paraquedistas, intendentes, instrutoras de voo, eletricistas, controladoras de tráfego. Atuam no planejamento, apoio, segurança e defesa, e são presença constante em aeronaves, pistas, hangares, escolas de formação, hospitais e obras. A Força Aérea Brasileira deixou de ser domínio masculino há alguns anos. Pelo contrário, as mulheres chegaram com tudo e mais que duplicaram sua participação na FAB nos últimos 10 anos. Na semana da mulher, o Força Aérea Blog mostra um pouco da participação feminina na Força. Internauta, homem ou mulher, dá só uma olhada nas informações valiosas para mães, filhas, irmãs, sogras e amigas que sonham em vestir a farda azul. Vem com a gente!

450 anos de Rio de Janeiro, 100 anos de aviação

RIO 450 BANNERA Força Aérea Brasileira acaba de lançar a campanha “Meu Rio de Cima”. A proposta é mostrarmos a Cidade Maravilhosa sob nova ótica: a imagem aérea. Vale avião, drone, asa delta… Use sua criatividade e suas oportunidades! Neste post você vai descobrir como participar. Mas esse não é o único propósito dessa atualização. E hoje, você, internauta, vai descobrir que a história entre a aviação, a Força Aérea Brasileira e o Rio de Janeiro já vem de longa data. Há mais de 100 anos nossas histórias se confundem e – entre zeppelins, Santos Dumont, hangares gigantescos, Guerras Mundiais e todas as mudanças políticas vividas pelos brasileiros durante o século XX – o Rio de Janeiro virou o berço e o catalisador da aviação nacional. Quer saber mais sobre isso? Venha conosco e descubra! Basta continuar a leitura…

Garantindo a segurança da navegação: conheça o Projeto I-X

foto12 “O avião é o meio de transporte mais seguro que existe”. Essa frase é tão verdadeira que já virou senso comum. A garantia de um voo seguro, contudo, depende de vários fatores, entre eles um aspecto tão relevante quanto desconhecido pelo público viajante: a qualidade e precisão dos equipamentos que apoiam a navegação das aeronaves. É aí que entra em ação o Grupo Especial de Inspeção em Voo, o GEIV, e o Projeto I-X, que pretende consolidar a Força Aérea Brasileira no cenário do que há de mais moderno no segmento. Você, internauta, não vê o trabalho desses militares, mas eles são fundamentais para que você aproveite a ponte aérea diária, ou aquelas merecidas férias, com tranquilidade. Conheça, nesse post, um pouco mais sobre o trabalho do GEIV e sobre o equipamento de primeiro mundo previsto pelo I-X. Curta sem moderação! tongue-out

Utilize em caso de Apocalipse Zumbi

Operação AraucáriaVai que…”. Estas duas palavras representam muito o espiríto dessa postagem. Existem vários tipos de emergências que podemos – e devemos – nos preparar com antecedência. Você já parou para pensar? O que devo fazer em caso de um Apocalipse Zumbi? Pode rir, mas quando acontecer você vai ficar feliz por ter lido esse texto antes. E, no mínimo, ainda descobrir coisas que realmente te ajudarão em reais emergências. Não se preocupe, a Força Aérea Brasileira se prepara para qualquer problema. Inclusive mortos-vivos. Vem com a gente…

Com duas nacionalidades: Conheça o Sueco Brasileiro Gripen NG!

No último domingo (05/04), o caça Gripen NG, selecionado pelo Brasil para ser o futuro caça da Força Aérea Brasileira, foi destaque de uma reportagem especial do programa Fantástico, exibido pela TV Globo, e, posteriormente, muito debatido entre os telespectadores nas mídias sociais. O famoso Projeto F-X2 já não é mais novidade para quem acompanha as notícias da aviação e dos investimentos feitos pela Aeronáutica nos últimos anos. Durante a reportagem do Fantástico, o jornalista Roberto Kovalick voou em um caça Gripen D, da Força Aérea da Suécia. Neste post, a gente convida você para embarcar conosco nos detalhes do projeto tongue-out Afinal, o F-X2 é muito mais do que somente a aquisição de novas aeronaves. Olha só!

Passei um Carnaval em Veneza

Quando alguém ingressa na Força Aérea Brasileira, algumas coisas são certas: vai vestir a farda azul, vai se acostumar com o som das turbinas e vai cantar "Carnaval em Veneza". Pode ser uma turma de aviadores, de soldados, de especialistas, tanto faz: tropa na FAB canta, em algum momento, "Carnaval em Veneza". Mas você sabe que música é essa e sobre o que ela trata? Cheio de curiosidades históricas e detalhes que levaram à criação da música, esse texto vai transportar você para o final da II Guerra Mundial. Desembarque agora na Itália dos nossos heróis Jambocks! Este foi só o começo de 70 anos de memória, tradição e desenvolvimento da Caça no Brasil!

O Dia da Vitória e o heróismo dos brasileiros na II Guerra Mundial

dia_da_vitria_acentoHoje é o Dia-V, o Dia da Vitória. Há 70 anos, em 8 de maio de 1945, o Nazismo se rendia. Era o fim, na Europa, da guerra que matou mais de 50 milhões de pessoas. Daí você deve lembrar de filmes, jogos e um monte de histórias que mostram combates de russos, ingleses, norte-americanos, franceses… …e pensa: “a participação do Brasil foi pequena”. Até parece… Vem com a gente!

Na defesa da fronteira: a interceptação de aeronaves

Procedimento de interceptaçãoVocê provavelmente conhece pelo menos duas cidades da fronteira brasileira. Uma possui 23.628 habitantes. A outra tem 6.320. A primeira faz divisa com a Guiana Francesa. A segunda fica a 347 km de Montevidéu, capital do Uruguai. Entre as famosas – e ainda assim desconhecidas – Oiapoque (AP) e Chuí (RS) há uma extensão de terra de 16 mil km, 10 milhões de habitantes de 11 estados brasileiros, área limítrofe com 10 países sul-americanos. Isso é nada menos que 27% do território Nacional. E toda essa fronteira está protegida por terra, água e ar!! Falemos do tipo de proteção que precisa de aviões laughing

5 coisas que você provavelmente não sabe sobre a Força Aérea

Neste post, o Força Aérea Blog inaugura um estilo já famoso em vários portais da atualidade e que será mais frequente por aqui: as listas. Entre “top 10”, “top 5”, “top 20”… e curiosidades, nossa intenção é que você conheça melhor nossa Força Aérea Brasileira, de maneira ainda mais prática e informativa. Por hoje, você fica com 5 curiosidades que talvez não conheça. Clássicos, como o Gládio Alado, ou desconhecidos, como a Fraternidade do Fole… Vem com a gente!

Aviação carga pesada!!

Sabe aqueles enormes aviões militares que você só vê quando perto de uma Base Aérea ou em eventos promovidos pela Força Aérea Brasileira durante o ano? Sabe como eles são ? De que missões participam?

Pra começo de conversa, esses “monstros” são da #AviaçãoDeTransporte. Mas os termos “transportar” e “apoio logístico” não traduzem muito bem a sua importância, não é? #AnotaAí – lançamento de paraquedistas em áreas inimigas, Antártida, suporte para comunidades em áreas isoladas do Brasil, urnas eletrônicas, peacekeepers no Haiti. No post de hoje, conheça mais sobre essa aviação e, principalmente, sobre a mais nova e impressionante aeronave brasileira: o KC-390. Olha só!

O trabalho dos Peacekeepers brasileiros no Mundo

cb henriqueVocê provavelmente sabe que o Brasil participa diretamente da Missão das Nações Unidas para a Estabilização no Haiti, a MINUSTAH, afinal, o país é líder da missão e é lá onde estão a maioria dos boinas azuis brasileiros. O que você vai descobrir aqui hoje é que somos mais de 1,7 mil militares espalhados em nove nações, entre elas, Saara Ocidental, Líberia e Sudão. Confira ainda o depoimento de quem vence a distância de casa e atua em Missões das Nações Unidas pela preservação da paz no mundo inteiro. E a expectativa de quem está para embarcar. Vem com a gente!