Main menu

No próximo sábado, às 21 horas, o Atlético Mineiro vai entrar em campo para defender a liderança do Campeonato Brasileiro contra o Corinthians. Mas, por pouco, o clássico deste fim de semana poderia ser entre "Atlético e Santos Dumont"...

Confira mais detalhes em nosso post.

 

  

 

Fundado em 1910, o clube duas vezes campeão do mundo e pentacampeão brasileiro foi batizado em homenagem a um clube amador inglês - daí o nome completo ser "Sport Club Corinthians Paulista". O nome "Santos Dumont", contudo, chegou a ser votado pelos fundadores do "Timão".

O fato é que naquela época já existia outro Sport Club Santos Dumont no Brasil (escudo ao lado). Criado em Salvador, é reconhecido pela Federação Bahiana de Futebol como vencedor do Campeonato Baiano de 1910, conquistado após vencer o Vitória na final por 2 a 1. A trajetória do clube, contudo, acabou sendo pequena: o time foi extinto em 1913.

 

Time de futebol veio antes do avião

A popularidade do inventor brasileiro já era enorme no início do século passado. De fato, o Sport Clube Santos Dumont foi fundado em 1904, dois anos antes do voo pioneiro do 14 Bis. Apesar de ser mais lembrado por seus aviões, o brasileiro já era uma celebridade internacional desde 1901, quando venceu Prêmio Deutsch: o desafio de percorrer uma distância de 11 quilômetros de balão sobre Paris, incluindo uma volta na Torre Eiffel. 

 

A capital francesa, hoje, possui uma rua Santos Dumont, além de um conjunto de residências batizado de "Vila Santos Dumont". Do exterior também veio uma homenagem espacial: em 1973, a União Astronômica Internacional batizou uma cratera na Lua com o nome de Santos Dumont, localizada a cerca de 54 km de distância do local de pouso da nave Apollo 15.

Rua em Paris.

Cratera na Lua.

Por aqui, o nome do inventor brasileiro batiza nada menos que 280 escolas, entre instituições públicas e privadas, de acordo com dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Minas Gerais, Maranhão e Bahia são os estados com maior número de escolas chamadas de Santos Dumont, com 37, 35 e 34 unidades, respectivamente.

Mas o grande destaque para o Pai da Aviação, de fato, está na imensa quilometragem de ruas, avenidas, praças, travessas e rodovias batizadas de Santos Dumont. De acordo com os Correios, são 411 possibilidades de endereços com o logradouro "Santos Dumont". Até no Distrito Federal, onde os endereços têm como referência as quadras, e não as vias, podemos encontra uma "Avenida Santos Dumont". Ela fica na entrada do residencial.... ....Santos Dumont.

A homenagem mais extensa fica entre Fortaleza (CE) e o Rio de Janeiro (RJ). São 2.566 quilômetros da BR-116 batizadas como "Rodovia Santos Dumont" (imagem abaixo). O mesmo nome também vai para os 15 km da SP-075 entre as cidades paulistas de Campinas e Indaiatuba.

Dentro das cidades, quase todas as capitais de estado tem sua rua ou avenida Santos Dumont. Mas é a Grande São Paulo que se destaca: 17 municípios da região metropolitana têm as suas ruas e avenidas Santos Dumont. Na capital, a Avenida Santos Dumont tem quase três quilômetros e é uma importante ligação entre as zonas norte e sul da cidade, passando pela praça "Campo de Bagatelle", batizada em homenagem ao local de Paris onde foi realizado o voo pioneiro do 14 Bis. O local guarda uma réplica da aeronave.

Os Correios também registram 24 bairros Santos Dumont, quatro deles em capitais de estado: Maceió, Vitória, São Luis e Aracaju. O inventor também já foi homenageado em diversas coleções de selos (imagens abaixo).

Aeroportos com nome de Santos Dumont, são dois: um na cidade do Rio de Janeiro (imagem abaixo) e outro em Paranaguá (PR).

Homenagens por força de Lei

Em 1936, a Lei N° 218 instituiu o dia 23 de outubro como o Dia do Aviador. A data celebra o voo inaugural do 14 Bis, realizado em 1906. Em 1959, a Lei N° 1959 deu a Santos Dumont o posto de Marechal do Ar, o mais alto da Força Aérea Brasileira, que havia sido criada em 1941. Em 1984, a Lei N° 7.243 proclamou Santos Dumont como Patrono da Aeronáutica brasileira. Já em 2006, a Lei N° 11.298 inscreveu o nome de Alberto Santos Dumont no Livro dos Heróis da Pátria, localizado no Panteão da Liberdade e da Democracia, em Brasília.

A última Lei federal a homenagear Santos Dumont é de 2013. A Lei N° 12.831, que determina que todos os aeroportos, bases aéreas e similares no Brasil serão obrigados a manter permanentemente, em local visível, a imagem de Santos Dumont acompanhada da inscrição "Pai da Aviação".

Mais próximo do solo terrestre, o nome do Pai da Aviação batiza dois aeroportos brasileiros: em Paranaguá (PR) e no Rio de Janeiro (RJ). Em 2013, foi sancionada a Lei N° 12.831, que determina que todos os aeroportos, bases aéreas e similares no Brasil serão obrigados a manter permanentemente, em local visível, a imagem de Santos Dumont acompanhada da inscrição "Pai da Aviação".

Na próxima segunda-feira, dia 20, é celebrado 142 anos do nascimento de Alberto Santos Dumont. A cidade onde nasceu, em Minais Gerais, também se tornou, ela própria, uma homenagem: em 31 de julho de 1932, oito dias após a morte do inventor, Palmira passou a se chamar Santos Dumont.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Comente pelo Facebook