Main menu

Poucos sabem, mas os Jogos Mundiais Militares, conhecidos também como “Os Jogos da Paz”, foram idealizados em celebração aos 50 anos do fim da Segunda Guerra Mundial. Estamos a passos curtos da 6° edição dos Jogos Mundiais Militares (JMM). Em Outubro, todos os olhos estarão voltados para a Coreia do Sul. E vc? Gosta de Esporte? Quer conhecer um pouco mais dessa competição militar? laughing Então, #seliga no 6° JMM!

 

 

A História dos Jogos

Os Jogos Mundiais Militares, quarto maior evento Esportivo no mundo (só perde para a Universíada, os Jogos Paraolímpicos e Jogos Olímpicos), são um evento poliesportivo disputado exclusivamente pelas Forças Armadas. A cada quatro anos, cerca de 110 países (esse número pode variar de acordo com a edição) se encontram para competir. A organização, desde a primeira edição em 1995, fica a cargo do Conselho Internacional do Desporto Militar (CISM), .

O CISM é uma espécie de Comitê Olímpico Internacional das Forças Armadas e sua função é organizar competições esportivas. Terceira maior entidade desportiva do mundo, está atrás apenas do Comitê Olímpico Internacional (COI) e da Federação Internacional de Futebol (FIFA).

A ideia de uma Olimpíada militar surgiu em 1995, em comemoração ao 50º aniversário do fim da II Guerra Mundial. Desde então, são disputados de quatro em quatro anos, sempre no ano que antecede os Jogos Olímpicos.

A primeira edição aconteceu em Roma, na Itália, com 93 países participantes. Sua abertura foi realizada no Estádio Olímpico e teve uma bênção toda especial do Papa João Paulo II. Abaixo você pode conferir os países que foram sede dos jogos e os vencedores de cada edição.

Edição

Ano

Sede anfitriã

País vencedor anfitrião

I Jogos Mundiais Militares

1995

Itália (Roma)

Rússia

II Jogos Mundiais Militares

1999

Croácia (Zagreb)

Rússia

III Jogos Mundiais Militares

2003

Itália (Catânia)

Rússia

IV Jogos Mundiais Militares

2007

Ìndia (Hyderabad)

Rússia

V Jogos Mundiais Militares

2011

Brasil (Rio de Janeiro)

 Brasil

VI Jogos Mundiais Militares

2015

Coréia do Sul (Mungyeong)

 Quem é o seu preferido?

VII Jogos Mundiais Militares

2019

China (Wuhan)

 Quem é o seu preferido?

 

#fiquepordentro Durante diversas edições da competição, Rússia e China brigavam pelo pódio. Por vezes, a China chegou muito perto da Rússia... Enfim, as duas são sempre as favoritas nas competições. tongue-out

Além dos Jogos Mundiais Militares de Verão (que você já conhece), existem também os Jogos Mundiais Militares de Inverno. Os Jogos de Inverno têm menos representatividade, pois poucos países participam, e têm apenas oito modalidades: Esqui alpino, Biatlo, Esqui cross-country, Escalada, Patinação de velocidade em pista curta, Esqui de Orientação, Esqui Alpino e Esqui Montanhismo. Sua primeira edição, em 2010, no Vale de Aosta (Itália), reuniu cerca de 43 países. A segunda edição (2013) foi na França, em Annecy/Chamonix, e a terceira acontecerá em 2017, em Sóchi (Rússia).

 


Modalidades

Os seguintes eventos estão no programa obrigatório dos Jogos de Verão:

A supremacia dos JMM, realmente, fica por conta da Rússia, apesar de não ter participado da última edição. Logo em seguida vem a China, que também costuma ter um excelente desempenho na competição. Enquanto o Brasil caminha a passos curtos e conseguiu a primeira colocação na edição dos jogos em casa, no Rio de Janeiro, em 2011. Aqui você confere o quadro de medalhas do Brasil nos últimos anos.

Se liga no que rolou na Edição dos JMM no Brasil. wink Aqui você pode conferir uma coletânea de fotos da participação da FAB nos 5° Jogos Mundiais Militares, no Rio.

 

No Brasil

A 5ª edição dos Jogos Mundiais Militares foi realizada no Rio de Janeiro em 16-24 julho de 2011. Quase 7.000 atletas de cerca de uma centena de países diferentes vieram para competir em 23 modalidades, sob o lema CISM: Amizade através do esporte.

A cerimônia de abertura foi realizada em um estádio olímpico, todos os participantes vestidos de verde e amarelo, ao som do samba. As festividades contaram com a presença de muitas personalidades civis e militares, incluindo a Presidente do Brasil, Dilma Roussef, e o Presidente do CISM, Coronel Hamad Kalkaba Malboum. O Brasil foi representado por 268 atletas (no total das modalidades.

O mascote do Brasil foi o “Arion” (do gregro “o que tem energia”), cujo nome foi escolhido por internautas. Maurício de Sousa foi o ilustrador do mascote do 5° JMM, que representava a paz por meio do esporte.

Nesta edição dos Jogos, o Brasil teve excelente desempenho e chegou a ser campeão. Isso porque pôde contar com a participação de todos os seus principais atletas!

#ficadica Por ter que deslocar seus atletas para outro país, infelizmente, a nossa seleção nem sempre conta com os atletas que apresentaram os melhores índices, uma vez que estes optam por permanecer em casa treinando para as Olimpíadas.

#Curiosidade undecided Os 5° JMM foram os primeiros a incorporar a modalidade "vôlei de praia".

 

6°Jogos Mundiais Militares

 

O Jornal NOTAER, que traz as notícias da aeronáutica, trabalhou o tema 6° JMM em edição especial. Aqui citaremos as partes mais relevantes, mas fique a vontade para ler a matéria na íntegra na  Jornal Notaer.

A Força Aérea Brasileira (FAB) vai levar 60 atletas de 14 modalidades. A equipe Brasileira busca o mesmo desempenho da edição anterior, mas as condições para os atletas agora será muito diferente. Interferem diretamente no rendimento dos atletas: o clima, os horários das competições, a torcida e a alimentação. Principal fator de preocupação para os atletas brasileiros é o fuso horário, que tem uma diferença de 12 horas a mais. Essa adaptação à nova rotina causa um impacto: os militares tem que se adequar aos turnos, à alimentação, aos horários de treinamento e adaptar o corpo.

Os atletas vêm se preparando há algum tempo, em uma puxada rotina de desporto. Os militares que irão competir são atletas de alto rendimento, que já ingressaram na MB, EB e FAB para participar dessa competição. Além desses, ainda outros são também profissionais de carreira, que por vocação e aptidão tornaram-se atletas de alto rendimento. Enfim, o Projeto Atleta de Alto Rendimento traduz o apoio das Forças Armadas à evolução do esporte no Brasil. Esperamos dos nossos atletas muitas medalhas de ouro para o Brasil.

Nessa edição, 110 países levarão mais de sete mil competidores para as disputas. Nossas maiores promessas de ouro são a equipe de basquete, equipe de paraquedismo, o Sargento Julião no lançamento de disco, Coronel Julio Almeida no tiro esportivo e a equipe de pentatlo aeronáutico. Coronel Júlio já foi ouro na modalidade tiro de 50m no Pan Americano do Canadá e o Sargento Julião conseguiu a prata no mesmo Pan Americano. Nesse ano, não poderemos contar com a participação do Sargento Marílson (que já trouxe para o Brasil inúmeras conquistas no Pan Americano e Universíada) porque sofreu uma lesão na panturrilha.

#curiosidade O Brasil levará a maior delegação visitante a participar do mundial, cerca de 400 integrantes, entre atletas e comissão técnica, militares e civis.

 

Unidas num mesmo ideal!!!

Durante o 6° Jogos Mundiais Militares, os atletas da Marinha do Brasil (MB), Exército Brasileiro (EB) e Força Aérea Brasileira (FAB) estarão unidos num mesmo ideal. O Ministério da Defesa (MD) é o grande responsável por aliar as 3 Forças, que já treinam juntas há algum tempo... Ao todo, 286 atletas militares de alto rendimento do Brasil irão disputar as diversas modalidades do 6º JMM. Aqui você pode conhecer todos eles e saber as modalidades de cada um. Curtiu né? Não para por ai... 

 

 

 

O Portal JMM

O Ministério da Defesa acaba de lançar um portal especial para os Jogos. Lá você encontra tudo relacionado ao JMM - pode saber sobre as modalidades, escolher seus atletas favoritos, saber notícias de última mão, acompanhar os placares, acessar as mídias sociais e muito mais. Corre lá e já entre no ritmo dos Jogos. Se quiser ficar por dentro do que rola e acompanhar toda a competição já sabe onde ficar ligado, né?! Ahhhh! E o mais importante... No portal, você acompanha diariamente a atualização do quadro de medalhas. Nossos atletas já estão preparados... E vocês?

#curiosidade O Brasil levará a maior delegação visitante a participar do mundial, cerca de 400 integrantes, entre atletas e comissão técnica, militares e civis.

Saiba quem são os atletas da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.  

 Se estiver interessado em mais vídeos acesse: youtube.com/VideosDefesa

ELES contam com a sua torcida! E nós contamos com o seu comentário aqui! Até a próxima! smile

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Comente pelo Facebook