Main menu

130328REZ1702(C)Paulo_Rezende

Talvez você já tenha ouvido falar da Aviação de Transporte; mas, realmente, você conhece tudo sobre essa aviação? Se liga: transporte de tropas, pouso na Antártica, lançamento de paraquedistas e reabastecimento em voo. Tá bom? Ainda tem mais: ajuda humanitária, transporte de urnas eletrônicas para levar cidadania, assistência em catástrofes e até mesmo transporte de órgãos.  E há muito mais por ai.... 

Ahhh, neste pin, você terá a oportunidade de conhecer a fundo todas as aeronaves que estão em emprego na aviação de transporte e conhecer a missão dessa aviação.

 

A aviação de TRANSPORTE e o Correio Aéreo Nacional

Ela é mais antiga que a própria Força Aérea Brasileira.

O Correio Aéreo Nacional (CAN) é um serviço postal militar brasileiro que deu origem à Aviação de Transporte e iniciou-se em 1931, tendo como objetivo integrar as diversas regiões do país e permitir a ação governamental em comunidades de difícil acesso, possuindo relevante papel social.

 Saibam agora como nasceu a aviação de transporte! A linha do tempo abaixo dá uma boa ideia:

  • 1931: esse era o ano quando os tenentes Casimiro Montenegro (sim, o mais tarde Marechal do Ar Casimiro Montenegro)  e Nelson Freire Lavenère-Wanderley levaram, pela primeira vez, correspondências por meio aéreo;
  • 1935: o CAN (Correio Aéreo Nacional) já operava além das áreas do Rio e de São Paulo, nos estados de Goiás, Mato Grosso, Paraná, Bahia e até na Amazônia;
  • 1941: com a criação do Ministério da Aeronáutica, o CAN, antes operado pela Aviação Militar do Exército juntamente com a da Aviação Naval, passou a ficar sob responsabilidade desse novo órgão;
  • 1946: o CAN já totalizava 49.400 Km percorridos – mais que uma volta ao mundo pela linha do Equador – e 14.100 pessoas transportadas.

Não tardaria muito, o CAN seria a principal via (quando não a única) para transportar profissionais da saúde às mais longínquas cidades, a fim de levar atendimento médico e odontológico, além de remédios. Confiram neste emocionante documentário (2011), feito para o aniversário de 80 anos do CAN, um pouco da cidadania levada nas asas da aviação de transporte, além do depoimento de bravos guerreiros que participaram dessas missões.

 

AVIAÇÃO DE TRANSPORTE 

“LANÇAR, SUPRIR, RESGATAR”!

 

Abaixo, conheçam o universo dessa aviação. E, para isso, precisa conhecer qual é a tarefa básica do transporte aéreo militar: a sustentação ao combate, realizada com o propósito de garantir meios para as ações militares e de aumentar o poder de combate das forças em um possível conflito.

 

Aqui você conhece a missão específica de cada aeronave da aviação de transporte.

(Clique no nome de cada aeronave e descubra)

•SE LIGA NO C-130 EM AÇÃO NO COMBATE A INCÊNDIO! ⇓⇓⇓⇓

• ATUAÇÃO DO BOEING 767 NO TRANSPORTE DE TROPAS

No segundo semestre de 2016, a FAB recebeu o Boeing 767 e voltou a participar de missões que envolvam a necessidade de transporte de grande quantidade de pessoas, cargas pesadas e longas distâncias, como os treze voos entre Brasil e Turquia durante a Guerra do Líbano, em 2006, para repatriação de brasileiros, ou, então, como a ajuda humanitária à Tailândia após o tsunami de 2004. 

O mais novo gigante!

O centro das atenções para quem curte a Aviação de Transporte e a Indústria de Defesa Nacional está no KC-390. Os Projetos KC-X e KC-X2 têm por objetivo o desenvolvimento de aeronaves de transporte militar e reabastecimento em voo para substituição dos C-130 Hércules da FAB. O Hércules foi fabricado na década de setenta e devido ao envelhecimento de sua estrutura e à dificuldade de aquisição de suprimentos, apresentam baixa disponibilidade e alto custo de operação.

A aeronave KC-390 será capaz de operar em pistas não pavimentadas, em qualquer local do planeta, como a Antártica, a Amazônia ou o Pantanal. Seus sistemas de autodefesa a tornarão menos suscetível a ameaças em ambiente hostil. Deve constituir-se em uma das mais importantes ferramentas da FAB para o cumprimento de sua missão.

Argentina, Portugal e República Tcheca entraram nessa com a gente e são parceiros no desenvolvimento e na fabricação de parte da estrutura da aeronave.

Além das missões especificamente militares, o KC-390 permitirá promover melhor apoio às comunidades atingidas por calamidades públicas no território nacional, como enchentes, desabamentos, incêndios; bem como, ajuda humanitária internacional à países necessitados ou que sofreram calamidades públicas; transporte de material, mantimentos e de pessoal para a manutenção das ações do Estado Brasileiro em regiões carentes; apoio aos pelotões de fronteira e às localidades de difícil acesso na região amazônica.

O KC vai ainda transportar material e pessoal dos diversos órgãos do Estado Brasileiro para a realização de missões de rotina, inspeções, vistorias, operações, monitoramento e projetos.

O desenvolvimento dessa aeronave posicionará o Brasil como protagonista entre os produtores de equipamentos de defesa no mundo, além de possibilitar exportações de um produto de alto valor agregado.

Você pode conferir outras fotos do KC-390 no Flickr da FAB. Confira também uma matéria completa em nossa revista Aerovisão apresentando a nova aeronave da FAB.

Enfim, a aviação de transporte é que dá um importantíssimo apoio em tempos de guerra ou de paz, sem o qual a missão não poderia ser cumprida. As fotos abaixo ilustram mais um pouco as missões de transporte.

 

Gostaram? Ah, não poderíamos esquecer de mencionar as aeronaves de transporte em operação atualmente, não é? Então, acesse nosso álbum do Flickr e fique por dentro. Aproveite para conhecer também outro post aqui do nosso blog, "A conquista do gelo", que apresenta as missões que realizamos para a Antártica.

#bônus Confira um programa FAB Em Ação muito especial, mostrando uma das missões da aviação de transporte: "Os desafios do voo antártico". 

Ainda tem muito mais sobre transporte e outros assuntos pra você conhecer mais a fundo no Força Aérea Blog. Até breve!

 

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Comente pelo Facebook