Main menu

No último domingo (05/04), o caça Gripen NG, selecionado pelo Brasil para ser o futuro caça da Força Aérea Brasileira, foi destaque de uma reportagem especial do programa Fantástico, exibido pela TV Globo, e, posteriormente, muito debatido entre os telespectadores nas mídias sociais. O famoso Projeto F-X2 já não é mais novidade para quem acompanha as notícias da aviação e dos investimentos feitos pela Aeronáutica nos últimos anos. Durante a reportagem do Fantástico, o jornalista Roberto Kovalick voou em um caça Gripen D, da Força Aérea da Suécia. Neste post, a gente convida você para embarcar conosco nos detalhes do projeto tongue-out Afinal, o F-X2 é muito mais do que somente a aquisição de novas aeronaves. Olha só!

 Comecemos com a informação que nem todos conhecem: O F-X2 não se limita à aquisição dos 36 caças. Mas também de simuladores de voo, apoio e suporte logístico e sistemas embarcados (como radar, Wide Area Display – WAD, guerra eletrônica etc.). Outra característica fundamental incide na transferência de tecnologia, o que possibilita autonomia na operação e manutenção da frota durante todo seu ciclo de vida, além da capacitação do parque industrial aeroespacial brasileiro no desenvolvimento de um caça de 5ª geração, passo básico para o desenvolvimento e a consolidação da indústria nacional de defesa. Resumindo, o Brasil não é apenas comprador, mas parceiro no desenvolvimento, co-criador. Prova disso é que vários engenheiros brasileiros participam do desenvolvimento da versão Gripen NG.

Nova Imagem (3)

#FiquePorDentro 1 - O Projeto nasceu com o objetivo de substituir os Mirage III como aeronave de superioridade aérea. Na lista inicial, as potenciais fornecedoras seriam o Boeing F-18E/F, o Dassault Rafale F3 e o Saab Gripen NG. Este último, vencedor do processo de seleção anunciado em 18 de dezembro de 2013.

#FiquePorDentro 2 - As oportunidades de trabalho em virtude do Gripen NG e de outros projetos, como o KC-390, já começaram a aparecer. Se você está interessado em trabalhar na área, o Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), unidade subordinada ao Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), divulgou o edital para o processo seletivo de admissão de servidores temporários. São 34 vagas na área de certificação aeroespacial! A seleção será realizada mediante análise de currículo e tem o objetivo de atender a área industrial do Instituto para apoio às atividades de certificação de produtos aeroespaciais, verificação de qualidade e compensação comercial, industrial e tecnológica. Engenheiros, administradores e técnicos, essa é sua chance de trabalhar nos projetos F-X2 e KC-390. #Oportunidade Confira os detalhes do processo aqui.

INFOGRÁFICO GRIPEN_AEROVISÃO#SuecoBrasileiro – O Gripen NG é um modelo supersônico monomotor projetado para emprego em missões ar-ar, ar-mar e ar-solo, sob quaisquer condições meteorológicas, e desenvolvido para se adaptar à evolução das ameaças e exigências operacionais enfrentadas pelas modernas Forças Aéreas.

A versão brasileira contará com modernos sistemas embarcados, radar de última geração e capacidade para empregar armamentos de fabricação nacional. Dotada de um sistema de reabastecimento em voo, o Gripen NG será capaz de defender nosso espaço aéreo nos pontos mais remotos do Brasil. Tal característica, aliada ao desempenho da aeronave, possibilitará um expressivo ganho na capacidade operacional da FAB.

Em termos estratégicos para o país, essa aeronave representa a possibilidade de entrada como parceiro em um programa de alta tecnologia, hoje restrito a pouquíssimas nações.

#ValeLembrar – O primeiro Projeto Estratégico da FAB abordado este ano recebe o nome de A-Darter. Você viu ainda em janeiro de 2015. Se você não viu ou já esqueceu, para esta postagem, o importante é saber que esse é um dos armamentos desenvolvidos para serem usados no Gripen. O novo míssil, projeto binacional entre o Brasil e a África do Sul, participou de lançamento real em fevereiro. E atingiu o alvo, uma aeronave não tripulada que estava em uma rota a 90° da aeronave lançadora e se distanciava. Entre suas principais características está exatamente a capacidade de realizar manobras de alto desempenho.

O míssil A-Darter e o caça Gripen, juntamente com o Kc-390, levarão o Brasil a um patamar tecnológico, aeronáutico e industrial apresentado em poucos países atualmente. Aliás, os três projetos serão destaque do estande da FAB na maior feira de Defesa e Segurança da América Latina, a LAAD 2015, que acontece entre os dias 14 e 17 de abril, no Rio de Janeiro. Participe! laughing

————–

Em maio, nós voltamos com o P-3BR. Este Projeto contempla a aquisição e a modernização de nove aeronaves P-3A Orion, que se destinam prioritariamente ao cumprimento das missões Antissubmarino, Patrulha Marítima, Busca e Salvamento e Controle Aéreo Avançado. De importância incontestável, concorda? Detalhe: Já recebemos todas as aeronaves previstas laughing Até lá wink

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Comente pelo Facebook