Main menu

#FiqueporDentro: Símbolos Nacionais com apenas um PIN

O post do Força Aérea Blog desta semana traz os símbolos nacionais de um jeito diferente. Sabe quais são eles? Já, já a gente responde! wink A nossa intenção é que você #fiquepordentro do tema com apenas uma imagem. Sim! Apenas uma imagem, super criativa e didática. tongue-out É importante que você e todos os brasileiros os conheçam, afinal, os Símbolos Nacionais representam o Brasil em cerimônias, eventos, documentos e missões oficiais. Também vamos revelar algumas curiosidades sobre eles. #FicaDica Podem ser cobrados em provas, vestibulares e concursos públicos! Fique a vontade pra compartilhar o nosso pin com todo mundo! laughing 

Passei um Carnaval em Veneza

Quando alguém ingressa na Força Aérea Brasileira, algumas coisas são certas: vai vestir a farda azul, vai se acostumar com o som das turbinas e vai cantar "Carnaval em Veneza". Pode ser uma turma de aviadores, de soldados, de especialistas, tanto faz: tropa na FAB canta, em algum momento, "Carnaval em Veneza". Mas você sabe que música é essa e sobre o que ela trata? Cheio de curiosidades históricas e detalhes que levaram à criação da música, esse texto vai transportar você para o final da II Guerra Mundial. Desembarque agora na Itália dos nossos heróis Jambocks! Este foi só o começo de 70 anos de memória, tradição e desenvolvimento da Caça no Brasil!

Senta a Púa!

“…o Barbarigo foi o primeiro submarino atacado pela Força Aérea Brasileira na Segunda Guerra Mundial. Até o final do conflito no Atlântico Sul, 11 deles foram afundados em cerca de 15 mil missões de patrulha.”

Hoje comemoramos 68 anos do término da Segunda Guerra Mundial e esse dia é conhecido como o Dia da Vitória. A participação do Brasil aconteceu com o envio da recém criada Força Expedicionária Brasileira (FEB), que lutou na campanha de libertação da Itália. Aproveitamos para relembrar a coragem dos nossos expedicionários e destacar a alma do serviço militar – o sacrifício da própria vida!!! (lembram dos posts passados?). Vamos ver algumas fotos da época?

Depois de 70 anos, o mesmo compromisso!

Foto original em Pisa, na Itália.

Foto original em Pisa, na Itália.

Depois de quase 70 anos após a foto que marcou o início da Aviação de Caça no Brasil, o compromisso continua o mesmo: “o sacrifício da própria vida quando preciso for”.

Pois é, o difícil foi reproduzir tudo isso nos dias de hoje… E esse é o tema do post de hoje!

Heróis de ontem, de hoje e do amanhã!

Piloto andandoTiradentes, Dom Pedro I, Duque de Caxias, Alberto Santos Dumont. O que eles têm em comum? A dedicação de toda uma vida na luta por ideais que transformaram o país, o mundo! Alguns deles sacrificaram a própria vida… E por que não chamá-los, então, de “heróis”?

Pois é… pode até parecer demagogia, mesmo assim vou perguntar: onde estão os nossos heróis de hoje? Bombeiros, policiais, militares… Todos estes e muitos outros dedicam suas vidas, abdicam de suas famílias para salvar, combater, ajudar, proteger… Mas existem outros, que treinam e agem incólumes e no silêncio, isolados pela extrema altitude que nos separa deles, para que você possa se sentir seguro dentro da sua casa, dentro do seu país. Este post vai pra vocês, pilotos de caça!!!

A batalha deles começou no dia 22 de abril de 1945, quando o 1° Grupo de Aviação de Caça da FAB, que participou da Segunda Guerra Mundial sob o comando dos Aliados para combater o nazismo, realizou 11 missões num único dia!!!!! Eram apenas 19 pilotos que voavam duas, até três vezes por dia, em um intervalo de poucas horas. Imaginem vocês que a cada missão de duas horas, um piloto podia perder até dois quilos. Desgastados, cansados, mas cheios de ideal, enfrentavam a morte a cada instante… Onde nossos pais e avós estavam neste momento???? Não sabemos… mas com certeza estavam seguros!!!!!