Main menu

A ajuda quem vem do céu: #Patrulha

P-3 ORION“Os tubarões danificaram meu barco e não posso mais seguir viagem…”, “Há 20 tubarões aqui… eu contei”, “Na minha frente há uma aeronave do Brasil…”. Essa é a descrição do holandês Ebrahim Hemmantnia enquanto gravava um vídeo no meio do Oceano Atlântico, à deriva e cercado por tubarões. Ebrahim foi encontrado pela tripulação de uma aeronave P-3AM do Esquadrão Orungan (1º/7º GAv), às 17h45 do dia 30 de janeiro de 2015. Ele é mais um exemplo da importância do trabalho de Busca e Salvamento realizado pela Força Aérea Brasileira, numa área de 22 milhões de quilômetros quadrados. No post de hoje, veja o vídeo do Ebrahim e conheça os detalhes do Projeto que fortalece essa rede de Busca e Salvamento, o P-3BR. Vem com a gente! cool

NVG: salvando vidas na escuridão

NVGVocê já deve ter ouvido falar nos Óculos de Visão Noturna (NVG), não é mesmo? Mas você sabia que a Força Aérea Brasileira (FAB) já os utilizou em um resgate REAL? Há cinco anos, em 2009, foram utilizados pela primeira vez pelo Esquadrão Pantera (5º/8º GAV), sediado na Base Aérea de Santa Maria, a bordo do clássico Helicóptero UH-1H Huey, realizando a mais nobre missão da FAB: a de salvar vidas!

Aviação carga pesada!!

Sabe aqueles enormes aviões militares que você só vê quando perto de uma Base Aérea ou em eventos promovidos pela Força Aérea Brasileira durante o ano? Sabe como eles são ? De que missões participam?

Pra começo de conversa, esses “monstros” são da #AviaçãoDeTransporte. Mas os termos “transportar” e “apoio logístico” não traduzem muito bem a sua importância, não é? #AnotaAí – lançamento de paraquedistas em áreas inimigas, Antártida, suporte para comunidades em áreas isoladas do Brasil, urnas eletrônicas, peacekeepers no Haiti. No post de hoje, conheça mais sobre essa aviação e, principalmente, sobre a mais nova e impressionante aeronave brasileira: o KC-390. Olha só!

T-27 Tucano: três décadas de muitas emoções!

Nossa querida aeronave T-27 Tucano completou 30 anos voando pela Força Aérea Brasileira! Que orgulho!

Mundialmente conhecida por representar a Esquadrilha da Fumaça, a aeronave foi desenvolvida pela Embraer em parceria com a FAB e é responsável pela formação de todos os aviadores que passaram pela Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), desde a sua chegada em 1983! Ufa!

O Tucano nasceu para substituir o Cessna T-37C, antiga aeronave de treinamento.

 

O dia dos vigilantes do Brasil!

1000062_678728988811319_1912792181_nTudo começou com um balão durante a Guerra do Paraguai. Em 24 de junho de 1867, os balões foram utilizados pela primeira vez para reconhecimento das áreas inimigas e das tropas paraguaias nas fronteiras. De lá para cá, muitas coisas evoluíram! Atualmente, modernos sensores são usados por aeronaves de última geração na atividade importante de vigilância do espaço aéreo brasileiro.

Mas por que estamos falando deste dia? Simples, hoje é o dia da Aviação de Reconhecimento, os nossos olhos vigilantes do Brasil. Para entender a importância da Aviação de Reconhecimento, teremos que voltar a 1947, quando voar pela Amazônia era um verdadeiro desafio. O oceano verde e infinito era um mistério para o piloto. Não havia comunicação e radares, a leitura atenta das poucas cartas de navegação era a forma de não desviar da rota no “inferno verde” (como era chamada a Amazônia nesta época). Saiba mais agora!