Main menu

9 items tagged "AFA"

  • #SeLiga nas curiosidades do desfile de 7 de setembro!

     

    Surpresas e novidades não faltam no desfile do Dia da Independência!Por isso, hoje, o Força Aérea Blog vai revelar algumas curiosidades sobre o desfile da FAB, coordenado pelo Sexto Comando Aéreo Regional (VI COMAR), para que tudo fique lindo e perfeito no dia 7 de setembro, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Vamos falar um pouco do que rolará no desfile aéreo! E também do que terá no terrestre, porém esse de um jeito diferente, expondo, em tópicos e em ordem, cada um dos grupamentos. Ficou curioso? Vem com a gente! ;)

     

  • Academia da Força Aérea – O Ninho das Águias

    Parada(1)Se o seu sonho é ingressar na Força Aérea Brasileira e seguir carreira, este é o lugar! Conhecida como o Ninho das Águias, a Academia da Força Aérea (AFA) é uma instituição de ensino superior do Comando da Aeronáutica e, assim como uma universidade, a AFA oferece cursos nesse nível. Aquele que aqui se forma torna-se oficial de carreira da FAB, podendo chegar ao posto de Tenente-Brigadeiro, no caso dos aviadores.

    E se você achava que aqui são formados somente pilotos militares (o termo mais utilizado é Aviador), e que a rotina desses é apenas “aprender a pilotar”, está bastante enganado. Mais uma vez comparando com uma universidade, a AFA oferece diferentes cursos, que são o Curso de Formação de Oficiais Aviadores (CFOAv), Intendentes (CFOInt) e de Infantaria (CFOInf). A missão da Academia, portanto, ganha um ar de nobreza: formar os futuros líderes da Força Aérea Brasileira. E isso é levado muito a sério, afinal, a grande maioria dos oficiais que comandam as unidades da FAB já passaram por aqui, inclusive, o Tenente-Brigadeiro do Ar Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica. Certamente seu sucessor também terá saído daqui.

  • Como ingressar na Força Aérea? (Parte 1)

    Como faço para ingressar na Força Aérea Brasileira? Esse tipo de pergunta é enviada diariamente à Força Aérea, por vários meios: via fale conosco, SIC, cartas, e-mails e, de forma mais intensa, pelas mídias sociais da FAB. E você, caro internauta, é uma das pessoas que têm essa dúvida? Esse post, então, foi feito especialmente para você. Montamos um guia ultimate esclarecendo as principais dúvidas sobre o tema e esperamos que ele seja de grande ajuda na sua jornada para se tornar um membro de nossa Força Aérea Brasileira. Vamos lá?

  • Embaixadores do céu, militares da FAB… BRASILEIROS!

    Antes do Voo... Tudo checado.Com certeza você já ouviu falar no Esquadrão de Demonstração Aérea (EDA), carinhosamente conhecido como “Esquadrilha da Fumaça”. Quem ainda não ouviu a expressão: “FUMAÇA… JÁ!”?

    Mas aposto que você não sabe que a Esquadrilha irá se apresentar neste domingo (31/3), às 16h, no Pontão do Lago Sul, em Brasília/DF (ahaaaa, com essa vocês não contavam, rsrsrs).

     Então, será uma apresentação muito especial, pois irá marcar a despedida da aeronave T-27 do EDA, utilizada há trinta anos! Pois é, e você vai ficar de fora dessa?!!

  • Formação do piloto de A a Z – o começo no T-25

    Tudo bem que ingressar na Academia da Força Aérea já é um mérito e tanto para os que sonham em ser aviador. Mas e depois? Como se dá a formação do piloto militar dentro da Academia? (Ahá, é isso que você queria saber, não?!)

    Pois é, leitores. Vida de cadete não é fácil não! Além do estudo e da dedicação integral e exclusiva, os cadetes têm aulas de educação física e à noite, “doutrina de caserna”. São inúmeras instruções antes de realizar o tão sonhado primeiro voo.  Alguns temas, por exemplo, são ministrados pelos próprios oficiais instrutores da AFA e incluem os mais variados assuntos: mecânica, hidráulica, elétrica, manutenção e tudo mais que possa estar descrito nos manuais de aeronave.

    Tudo isso agrega conhecimento e complementa a formação do piloto militar.

     

  • Formação do Piloto de A a Z – o máximo da mobilidade e versatilidade nas Asas Rotativas!!!

    Em nosso último post sobre a formação dos pilotos, falamos sobre a Aviação de Patrulha. Hoje, o tema é a Aviação de Asas Rotativas. Então, pra começar, você sabe o porquê desse nome?

    A aviação de Asas Rotativas recebe este nome pelas características das suas aeronaves. Os helicópteros têm essa designação porque suas hélices, que dão propulsão para eles decolarem, são as suas “asas”, responsáveis pela sustentação no ar. Daí já dá para perceber que as Asas Rotativas exigem habilidades diferentes do piloto, não é mesmo?

  • III COMAR – Um Comando Aéreo Regional de grandes proporções

    36

    Feira de Profissões do Colégio Militar do Rio de Janeiro (CMRJ).

    “Voar, combater, vencer! Terceiro COMAR, apoio e tradição!” é o grito de guerra do Terceiro Comando Aéreo Regional, organização militar que representa o Comando da Aeronáutica nos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.

    Com 72 anos de existência, o III COMAR tem a particularidade de reunir em sua área de jurisdição 84 unidades da Força Aérea Brasileira (FAB) e 29,6% do efetivo. É o maior COMAR em termos de quantidade de unidades e efetivo, embora não o seja no que se refere à extensão territorial.

  • Mirando alto! Como tudo começa...

    Para os fãs da Força Aérea, da vida na caserna e do esporte, os Jogos Mundiais Militares funcionam como uma Olimpíada. Até porque – é bom você ficar sabendo – somos a maior potência esportiva da competição em um universo de 110 países!!(yes!cool). E hoje, nós queremos mostrar para você como tudo isso começa. Para isso, buscamos uma promessa do esporte militar atual... Um cadete da Academia da Força Aérea, futuro aviador, mineiro da gema – daqueles quietinhos mesmotongue-out – e que tem duas paixões: tiro esportivo e aviação. Seu apelido? “O sniper”! Já sacou o nível, né? Vale a pena acompanhar essa história emocionante e notar a importância do esporte para a Força Aérea Brasileira e para o Brasil. Vem ver!

  • T-27 Tucano: três décadas de muitas emoções!

    Nossa querida aeronave T-27 Tucano completou 30 anos voando pela Força Aérea Brasileira! Que orgulho!

    Mundialmente conhecida por representar a Esquadrilha da Fumaça, a aeronave foi desenvolvida pela Embraer em parceria com a FAB e é responsável pela formação de todos os aviadores que passaram pela Academia da Força Aérea (AFA), em Pirassununga (SP), desde a sua chegada em 1983! Ufa!

    O Tucano nasceu para substituir o Cessna T-37C, antiga aeronave de treinamento.

     

EasyTagCloud v2.8